5 mentiras que contam sobre ter uma marca.

Já vi algumas empresas irem para o abismo por venerarem suas dores de estimação.

Onde isso tem origem? É tão natural que se torna até IMPERCEPTÍVEL na cabeça do gestor que não valoriza as parcerias estratégicas e está preso em crenças passadas.

São adultos doentes transformando negócios em marcas doentes. Trazem para dentro do negócio apegos mentais inconscientes que impedem toda uma organização de prosperar. ⠀

Valorizamos encarar a realidade de frente e marcas que vencem, são marcas que aceitaram mudar. Aceitaram que apenas suas ideias não são mais suficientes. Nos propomos a ajudar vocês a construírem propostas baseadas na verdade. Se sua marca quer ser inovadora, tem que perder o medo. ⠀
Desfazemos 5 mentiras que criaram sobre ter uma marca.

1 – “No momento nossa empresa não precisa disso”. Cuidar da marca é tão importante quanto alimentar um filho. O que acontece se não receber amor, dedicação diária e alimentação? Quem não disponibiliza tempo para cuidar da imagem da sua empresa… não pode querer ver clientes nela!

2 – “Isso é gasto e desperdício de dinheiro”. É uma matéria tão menosprezada que em quase todos os casos ocupa a última linha da planilha e recebe menos de 1% de investimento anual. Vale ostentar a foto do carrão ou das viagens, mas não precisa curar a comunicação da empresa.

3 – “Isso não dá tanto retorno”. Lançamos um desafio. Abra sua empresa com uma placa em branco colocada na fachada. Não crie um jeito e uma cultura própria. Não tenha site. Não compartilhe conteúdo rico e planejado em redes sociais. Não divulgue. E veja o que acontece.

4 – “Isso não é para mim que sou pequeno”. Está mais que clichê ouvirmos falar que para ser grande precisamos pensar grande. Você é do tamanho dos seus sonhos. Então porque se conformar com uma mente miserável? As marcas mais famosas do mundo começaram em uma garagem, mas sabiam da importância de cuidar da marca.

5 – “Meu sobrinho faz”. Tudo bem prestigiar o garoto, de verdade e nós não nos importamos. Mas esteja bem consciente disso. Contra resultados a opinião pouco importa. Lembre que você é livre para contratar um profissional ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *